sexta-feira, dezembro 04, 2009

"Bohemian Rhapsody"

http://4.bp.blogspot.com/_Qm2i8mXTjhs/R10Xi1HVEcI/AAAAAAAAAJA/DYIdOCqjxug/s400/muppets-animal.jpg
Muppets interpretam "Bohemian Rhapsody", que foi eleita a melhor canção pop de todos os tempos em uma pesquisa realizada no Reino Unido.










Letra no minimo curiosa.

Is this the real life?
Is this just fantasy?
Caught in a landslide
No escape from reality

Open your eyes
Look up to the skies and see
I'm just a poor boy
I need no sympathy

Because I'm easy come, easy go
A little high, little low
Anyway the wind blows
Doesn't really matter to me, to me

Mama, just killed a man
Put a gun against his head
Pulled my trigger, now he's dead
Mama, life had just begun

But now I've gone and thrown it all away
Mama, oh
Didn't mean to make you cry
If I'm not back again this time tomorrow

Carry on, carry on
As if nothing really matters

Too late, my time has come
Sends shivers down my spine
Body's aching all the time
Goodbye everybody, I've got to go

Gotta leave you all behind
And face the truth
Mama, oh, I don't want to die
I sometimes wish I'd never been born at all

I see a little silhouette of a man
Scaramouch, Scaramouch will you do the fandango
Thunderbolt and lightning, very, very frightening me
Galileo, Galileo

Galileo, Galileo
Galileo, Figaro, magnifico

But I'm just a poor boy and nobody loves me
He's just a poor boy from a poor family
Spare him his life from this monstrosity

Easy come, easy go, will you let me go
Bismillah! No, we will not let you go
Let him go

Bismillah! We will not let you go, let him go
Bismillah! We will not let you go, let me go
Will not let you go, let me go, never
Never let you go, let me go

Never let me go, oh
No, no, no, no, no, no, no
Oh mama mia, mama mia, mama mia let me go
Beelzebub has a devil put aside for me

For me (2x)

So you think
You can stole me and spit in my eye
So you think you can love me
And leave me to die

Oh baby, can't do this to me baby
Just gotta get out
Just gotta get right outta here

Oh, oh yeah, oh yeah

Nothing really matters
Anyone can see
Nothing really matters
Nothing really matters to me

Anyway the wind blows


                                         
 Tradução:
Rapsódia Boêmia

Esta é a vida real?
Isto é apenas fantasia?
Apanhado num deslizamento de terra,
Sem saída da realidade.
Abra seus olhos,
Olhe para os céus e veja.
Eu sou apenas um pobre garoto,
Eu não preciso de simpatia,
Pois sou [do tipo] vem-fácil, vai-fácil.
Um pouco pra cima, pouco pra baixo,
Qualquer direção que o vento sopre,
Realmente não importa pra mim, pra mim.

Mamãe, acabei de matar um homem.
Coloquei uma arma contra sua cabeça,
Puxei meu gatilho, agora ele está morto.
Mamãe, a vida mal tinha começado
Mas agora eu fui e joguei tudo fora.
Mamãe, ooo
Não pretendia te fazer chorar.
Se eu não estiver de volta a esta hora amanhã,
Continue, continue,
Como se nada realmente importasse.

Tarde demais, minha hora chegou,
Manda calafrios pela minha espinha,
O corpo está doendo o tempo inteiro.
Adeus a todos - Eu preciso ir.
Preciso deixar vocês todos prá tras
E encarar a verdade.
Mamãe, ooo - (qualquer direção que o vento sopre)
Eu não quero morrer,
Eu às vezes queria nunca ter nascido mesmo.

Eu vejo uma pequena silhueta de um homem,
Scaramouch, scaramouch você vai dançar o fandango? Raio e relâmpago - me assustando muito,
Gallileo, Gallileo,
Gallileo, Gallileo,
Gallileo Figaro - magnífico!

Mas eu sou apenas um pobre rapaz e ninguém me ama.
Ele é apenas um rapaz pobre de uma família pobre,
Poupe sua vida desta monstruosidade.
Fácil vem, fácil vai - vocês me deixarão ir?
Bismillah! Não - nós não vamos deixar você ir - Deixem-no ir
Bismillah! Nós não vamos deixar você ir - deixem-no ir
Bismillah! Nós não vamos deixar você ir - deixem-me ir
Nós não vamos deixar você ir - deixem-me ir (nunca)
Nunca vamos deixar você ir - deixem-me ir
Nunca me deixe ir - ooo
Não, não, não...
Oh mama mia, mama mia, mama mia, deixem-me ir.
Belzebu tem um demônio reservado para mim,
Para mim,
Para mim.

Então você acha que
Você pode me apedrejar e cuspir no meu olho?
Então você acha que pode me amar
E me abandonar para morrer?
Oh baby - não pode me fazer isto, baby.
Apenas tenho de sair -
Apenas tenho de sair direto para fora daqui.

Ooh sim, ooh sim,
Nada realmente importa.
Qualquer um pode perceber,
Nada realmente importa -
Nada realmente importa para mim.

Qualquer direção que o vento sopre...


1 trocaram ideia:

Augusto Mota

Pois é cara... Sabe que o Alice Cooper Gravou uma das suas músicas com os Muppets, acredito que a letra também não seja muito voltada pras crianças...

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Brothers do Facebook

Seguidores

Pensamento

‎"O que mata as pessoas é a ambição. E também esta tendência para a sociedade de consumo. Quando vejo publicidade na televisão, digo a mim mesmo: podem me apresentar isto anos a fio que nunca comprarei nada daquilo que mostram. Nunca desejei um belo automóvel. Nunca desejei outra coisa senão ser eu próprio. Posso caminhar na rua com as mãos nos bolsos e sinto-me um príncipe."
Albert Cossery
 

Parceiros

Baú do Hippie

Nuvem de Tags

Poesias Contracultura Biografias Música também é poesia Religião e Exoterismo Música para download Bob Dylan Livros Segredos do sistema Política Raulseixismo Letra e Clipe Francisco Jamess poetas Jack Kerouac Contos Ecologia Gente nova Crônicas Frases Notícias contos fantásticos Clipes Ebooks Mitologia Aleister Crowley Dicas de Informática Filosofia Música boa Vídeos Zen cotidiano fantástico Augusto Mota Hippies Rock Blues Hanny Saraiva Pintores e Quadros Resenha Zé Ramalho estórias humor literatura Nacional Anos 80 Maurício Baia Shows mitologia grega Arte Casa das máquinas Cultura Regional Deuses Discografias Geração Beat Letras Raul Seixas Maconha Meio Ambiente Novos Baianos Produção independente Rau Seixas Raul Seixas Velhas Virgens desabafo literatura livro the doors AC/DC Adriana Vargas Agridoce Alceu Valença Amor Amor ou Sexo Anne Rice Anya Análise de Letras Apostilas As freiras que só ouvem rock Banca do Blues Bandas Beatniks Bertold Brecht Bertolt Brecht Beto Guedes Bossa Nova Caetano Veloso Campanhas Campinas Chico Buarque Clube de Autores Conspirações Deus Hermes Escrita Automática Eventos Experimentalismo Explicações pitorecas Felipe Neto Fernando Pessoa Friedrich Nietzsche Geraldo Azevedo Geraldo Vandré Henaph História Homenagem Imprensa Jards Macalé Jim Morrison Jimi Hendrix Jornalismo Khalil Gibram Khalil Gibran Lapa Manoel F. dos Santos Mapa de Piri Reis Mensageiros do subsolo Músicas Online Novidades O Jardim das Rosas Negras O Oitavo Pecado O Profeta O amor Pablo Picasso Pecado Pedra Letícia Pensamentos Pinturas Prensa Protestos Provos Prêmios e selos Rita Lee Sagrado coração da Terra Samantha Selène d'Aquitaine Simone O. Marques Slash Sérgio Sampaio Tattoo Televisão The Doses anjo assaltos casa cinema conto-de-fadas cursos e tutoriais demônio download editora Modo fada feérico juventude literatura brasileira lua meio-demônio os sete pecados capitais sangue de demônio sangue de fada snctzo tatuagem trama vampiro vampiros
 

Templates by Profile Link Services | website template | article spinner by Blogger Templates